30.11.05

Ética e violência

Ética e violência.

A história das idéias éticas desde a antigüidade clássica greco-romana até nossos dias está relacionada com o problema da violência e dos meios para evitá-la ou controlá-la. Os padrões de condutas e os conjuntos de valores éticos e as relações intersubjetivas e entre pessoas foram instituídos pôr diferentes formações culturais e sociais. Certos aspectos da violência também são percebidos nas várias culturas e sociedades que servem de base para os valores éticos se erguer.
A ética pode ser considerada o estudo e a analise dos conceitos envolvidos no raciocínio prático como o bem, a ação correta o dever, a obrigação, as virtudes, a liberdade, mas no geral, é tida como a ciência da conduta, o fim orientador da conduta que visa o seu direcionamento e disciplina.
Embora ´´ ta ethé`` e ´´mores`` signifiquem o mesmo, ou seja, costumes e modos de agir de uma sociedade, entretanto, no singular ´´ethos`` é o caráter ou temperamento individual que deve ser educado para os valores e das condutas humanas, indagando sobre seu sentido, sua origem, seus fundamentos e finalidades. Sob essa perspectiva geral, a ética procura definir, antes de mais nada, a figura do agente ético e de suas ações e o conjunto de noções ( ou valores) que balizam o campo de uma ação que se considera ética.
O agente ético é pensado como sujeito ético, isto é, como um ser racional e consciente que sabe o que faz, como um ser livre que decide e escolhe o que faz e como um ser responsável que responde pelo que faz. A ação ética é balizada pelas idéias de bem e mal, justo e injusto, virtude e vício. Assim, uma ação só será ética se for consciente, livre e responsável e será virtuosa se realizada em conformidade com o bem e o justo. A ação ética só é virtuosa se for livre e só será se for autônoma, isto é, se resultar de uma decisão interior do próprio agente e não de uma pressão externa. Evidentemente, isso leva a perceber que há um conflito entre a autonomia da vontade do agente ético (a decisão emana apenas do interior do sujeito) e a heteronomia dos valores morais de sua sociedade ( os valores são dados externos ao sujeito).
Esse conflito só pode ser resolvido se o agente reconhecer os valores de sua sociedade como se tivessem sido instituídos pôr ele, como se ele pudesse ser o autor desses valores ou das normas morais, pois, nesse caso, ele será autônomo, agindo como se tivesse dado a si mesmo sua própria lei de ação. Enfim, a ação só é ética se realizar a natureza racional livre e responsável do sujeito e se este respeitar a racionalidade, liberdade e responsabilidade dos outros agentes, de sorte que a subjetividade ética é uma intersubjetividade socialmente determinada.
Sob essa perspectiva, ética e violência são opostas, uma vez que violência significa: 1) tudo o que age usando a força para ir contra a natureza de algum ser (é desnaturar); 2) todo ato de força contra a espontaneidade, a vontade e a liberdade de alguém ( é coagir, constranger, torturar, brutalizar); 3) todo ato de violação da natureza de alguém ou de alguma coisa valorizada positivamente pôr uma sociedade ( é violar); 4) todo ato de transgressão contra o que alguém ou uma sociedade define como justo e como um direito. Consequentemente, violência é um ato de brutalidade, sevícia e abuso físico e/ou psíquico contra alguém e caracteriza relações intersubjetivas e sociais definidas pela opressão e intimidação, pelo medo e o terror. A violência se opõe à ética porque trata de seres racionais e sensíveis, dotados de linguagem e de liberdade, como se fossem coisas, isto é, irracionais, insensíveis, mudos e inertes ou passivos.

Referencias bibliográficas:
- CHAUÍ, Marilena. Filosofia ( série novo ensino médio). São Paulo: Martins fontes, 2001.
-CHAUÍ, Marilena. Fragmento do texto: Uma ideologia perversa, escrito para a folha de São Paulo.

2 Comments:

Blogger DUarte Froes said...

por favor podem postar um texto a falar sobre a violencia e as suas consequencias/causas? obrigado

terça-feira, maio 19, 2009 2:15:00 PM  
Blogger Matheus Bueno said...

posso

domingo, setembro 09, 2012 10:53:00 PM  

Postar um comentário

<< Home

web site hosting count: