5.12.05

O que é Conhecimento?

O Que é Conhecimento?

“Ontem à noite, já em minha cama, de luz apagada, sentindo aquele agradável relaxamento que antecede o sono, entregue a devaneios, quase sonhos, fui violentamente trazida de volta à realidade por um estranho ruído.
Seria uma porta batendo? Alguém teria entrado em minha casa? Algo que caíra lá fora?
O salto de um gato descuidado?
Ou será que minha imaginação teria pregado uma peça em meus sentidos quase adormecidos?
O ruído teria sido real ou imaginado?”
“Como saber?”
“Como conhecer?”

Esta pequena história dá início ao tópico de que irei tratar: “Características básicas do conhecimento”.
Quem nunca se questionou sobre o que é um conhecimento, ou se podemos conhecer realmente algo, ou ainda se ele existe?
Desde os tempos mais antigos, este tema sempre preocupou a todos, dos mais sábios aos menos instruídos. E a ciência que se ocupa com o problema do Conhecimento, com a sua origem, sua natureza, seu valor e limites é a chamada Epistemologia – que vem do Grego espiteme (ciência)+ logos (tratado)+ia –, ela é sinônimo de gnoseologia – gnosis (conhecimento)+ logos (tratado) – e também de Teoria do Conhecimento, e funda-se no estudo reflexivo, crítico e descritivo do conhecimento.
A partir disso, podemos conceituar o Conhecimento como sendo uma relação que se estabelece entre o sujeito e o objeto, consistindo na apropriação intelectual de um conjunto de dados empíricos ou ideais, com a finalidade de domina-los e utiliza-los para entendimento e elucidação da realidade, onde o sujeito apreende um objeto e torna-o presente aos sentidos ou à inteligência.
“Mas de onde vem o Conhecimento?”
Para responder a essa questão, existem duas teorias: o Racionalismo e o Empirismo. O Racionalismo propõe que a origem do conhecimento se encontra na razão, tido como o único e exclusivo instrumento capaz de conhecer verdades universais. Entre os defensores dessa teoria, os chamados racionalistas, encontra-se o filósofo René Descartes (1596-1650), autor da famosa frase: “Penso, logo existo.”
O Empirismo fundamenta o conhecimento na experiência, supervalorizando os sentidos, que desencadeiam e determinam o ato de conhecer; para os empiristas a mente humana é uma folha de papel em branco preenchida exclusivamente com os dados providos da experiência sensível (visão, audição, tato, olfato, paladar). Entre os empiristas estão: Francis Bacon (1561-1926) autor do Método Indutivo Experimental; e John Lock (1632-1704).
Dentro da possibilidade do conhecimento encontramos duas correntes com diferentes concepções: o Ceticismo e o Dogmatismo.
O Ceticismo é a doutrina segundo a qual o espírito humano nada pode conhecer com certeza; o conhecimento verdadeiro, certo e definitivo sobre algo pode ser constantemente buscado, no entanto, jamais será atingido. O Ceticismo nega a possibilidade do conhecimento e o acesso a qualquer tipo de certeza. Um dos principais representantes dessa postura é Geórgias (483-375 a.c) filósofo grego que dizia: “Nada existe, se alguma coisa existe é incognoscível, e caso pudesse ser conhecida, seria incomunicável aos outros.”
Já o Dogmatismo (do Grego Dogmatikós – “que se funda em princípios” –) é a doutrina segundo a qual o homem pode atingir a certeza, tem a possibilidade de conhecer a verdade. Mas dentro dela possui duas variantes básicas: o dogmatismo ingênuo (consiste em acreditar plenamente nas possibilidades do nosso conhecimento, onde vemos o mundo tal qual ele é); e o dogmatismo crítico (acredita na nossa capacidade de conhecer a verdade mediante um esforço conjugado dos sentidos e da inteligência, através de um trabalho metódico, racional e científico).
Fiz até aqui, uma pequena explanação sobre as “Características básicas do conhecimento”, um dos tópicos propostos para ser trabalhado no Ensino Médio. Trabalhei este tópico com o objetivo de que com as informações dadas, o aluno possa, a partir disso, compreender as características básicas do conhecimento, e que ele seja capaz de diferenciar o Ceticismo de Dogmatismo, e também possa definir as fontes de conhecimento (racionalismo e empirismo), possibilitando, assim, que o aluno amplie a sua visão e clarifique os conceitos.

12 Comments:

Blogger jayjay said...

Tá muito bem explicado, parabéns mas deveria ter mais parâmetros especialmente dentro do cepticismo como o cepticismo absoluto, mitigado e metafisico. E tambem um pouco mais sobre a racionalismo e o empirismo.
mas tudo o que tem ta muito bem explicado!

quarta-feira, maio 13, 2009 12:33:00 PM  
Blogger Malu♥PNAE(Projeto não á Extinção) said...

Adorei, era isso que eu procurava para meu trabalho de filosofia o que é conhecer?
Isso pode ser dito que está pronto meu trabalho!♥

quarta-feira, fevereiro 24, 2010 6:36:00 PM  
Blogger jasenildelidia said...

Obrigado por fácilitar minhas pesquisas...

sexta-feira, abril 30, 2010 8:00:00 AM  
Blogger Vilma said...

vilminhalves diz... fico grata pelo esclarecimento,ajudou muito no meu trabalho.

terça-feira, outubro 19, 2010 12:23:00 PM  
Blogger Siimoo'h said...

Este comentário foi removido pelo autor.

quarta-feira, fevereiro 16, 2011 10:52:00 AM  
Blogger Ju* said...

Acabo de conhecer o blog e já posso afirmar que será de grande ajuda e prazer aprender cada vez mais a história e os parâmetros da Filosofia. Acredito que não se ensina a filosofar, por isso estou procurando meu próprio caminho.

Ficou bom este tópico sobre a Teoria do Conhecimento, no entanto, é como já disseram, poderia ser mais completo, já que esse tema é considerado um dos mais importantes no ensino da Filosofia.

sexta-feira, junho 17, 2011 1:56:00 AM  
Blogger GESI PONCHO VERDE 2011 said...

era o que eu estava procurando. Tudo no mesmo Blog. Parabéns e sucesso na sua carreira.

terça-feira, agosto 23, 2011 1:00:00 PM  
Blogger Gabriel said...

muito bom... continue postando para suprir nossas dúvidas.

quarta-feira, agosto 24, 2011 9:13:00 PM  
Blogger Claudia Golfinho said...

Obrigada pela ajuda.

segunda-feira, fevereiro 25, 2013 5:49:00 PM  
Blogger Helio martins Martins said...

gostei do blog,e me ajudou a tirar os meus equivocos relacionados ao conhecimento

sábado, março 23, 2013 12:29:00 PM  
Blogger natacha said...

muito obrigada estou estudando e para uma prova do CPA e consegui intender com clareza o texto, e compreender os assuntos.
Parabéns pelo trabalho!!

quarta-feira, junho 05, 2013 12:24:00 PM  
Blogger blogdogarbin said...

Obrigado!

sexta-feira, junho 27, 2014 8:28:00 AM  

Postar um comentário

<< Home

web site hosting count: